INTRO

Um quarto do livro de Gênesis é sobre José crescendo e se transformando num adulto maduro que viveu plenamente seu propósito de vida dado por Deus.

José aparece no capítulo 37 de Gênesis com a idade de 17 anos, ele é o décimo primeiro de doze filhos e o favorito de seu pai, Jacó. 

Eles constituíam uma família complicada, misturada, com Jacó, suas duas esposas e duas concubinas e todos os filhos vivendo debaixo do mesmo teto.

José parece imaturo, arrogante e alheio ao fato de que seus sonhos e visões de Deus o alienavam mais de seus irmãos, que nutriam um ódio crescente por ele.

Chegaram a mentir ao dizer que ele havia sido morto por um animal selvagem e o venderam como escravo aos ismaelitas, na esperança de nunca mais dele se ouvir.

De muitas formas, o nível e o número de segredos numa família dão uma indicação do seu nível de saúde e maturidade. A família de José, por esse padrão, estava muito doente.

Imagine o impacto para José. Ele perdeu os pais, os irmãos, a cultura, alimentos, língua, liberdade e esperanças num único dia. Então no Egito, enquanto servia como escravo na casa de Potifar, foi falsamente acusado de assédio sexual e mandado para a prisão durante anos.

Uma porta se abriu enquanto estava na prisão, mas foi esquecido mais uma vez. Penou na prisão de dez a treze anos. 

Que desperdício! Que traição! Sua vida aos 30 anos parecia uma tragédia. Se alguém poderia estar cheio de amargura e raiva por tanta dor familiar, esse alguém era José!!!

(Extraído de Espiritualidade emocionalmente saudável- Peter Scazzero)

PRIMEIRA VERDADE 

NÃO NASCEMOS PARA FAZER SUCESSO, MAS PARA CUMPRIR PROPÓSITO 

Os sonhos de José não estavam falando de quanto sucesso ele alcançaria no futuro a ponto de sua família se curvar diante dele, mas de um propósito de provisão futura para manter viva a descendência por causa do projeto de Deus em construir uma nação chamada Israel. Quando não sabemos lidar com nossas emoções confundimos propósito com sucesso pessoal. Qual a diferença? Sucesso sempre tem a ver com o indivíduo e propósito tem a ver com gerações. 

Temos que entender que não somos o ápice da raça humana e sim uma engrenagem de toda uma engenharia que foi pensada por alguém superior – DEUS. Quando Deus escreveu Gênesis ele já estava com o Apocalipse pronto. A humanidade é a maior engenharia cosmológica do universo, Deus construiu toda uma estrutura espírito-psico -biológica complexa, onde todos os eventos estão ligados, o famoso “Efeito Borboleta”. Somos todos como dentes de uma engrenagem maior chamada RAÇA HUMANA. Tudo o que Deus pensou pra você tem a ver com outras pessoas, porque tudo tem a ver com tudo. 

Quando o indivíduo entende e funciona dentro do seu propósito toda a humanidade é acrescentada e funciona melhor,  Veja o caso de José. 

Você entende como você funciona? Quando está tudo bem com você, como é o teu comportamento, tua vida? Se você não sabe qual é o teu propósito, como você sabe que teu comportamento está correto, que tua vida está certa?

 

SEGUNDA VERDADE 

O MUNDO NÃO GIRA AO TEU REDOR, MAS SIM EM TORNO DO PROPÓSITO  

José tinha razões de sobra para viver se lastimando e dizer: minha vida é um erro, sou inútil, as coisas não estão dando certo na minha vida, Deus não existe, e, se existisse esqueceu-se de mim. Não vou mais confiar em ninguém, sou um fracasso. Mas não foi o que ele fez. 

Tanto a família quanto os eventos traumáticos em nossa história nos passam mensagens ou roteiros que dirigem inconscientemente nossa vida. 

A decisão de extrair o melhor ou o pior desses eventos é nossa. Não é o que nos acontece, mas o que fazemos com o que nos acontece é que vai mudar tudo na nossa vida. 

José poderia ter-se destruído emocionalmente se tivesse focado nos seus sentimentos ruins; poderia ter destruído seus irmãos, agora que tinha poder sobre eles, mas entendeu que o propósito de Deus era muito maior que suas dores e sua vida. 

José diz: “Não fostes vós que me enviastes para cá, mas sim Deus…” Gen.45:8. Ele entendeu que tudo o que lhe aconteceu tinha um objetivo, um propósito. 

Romanos 8: 28. E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. 

Porque Deus permitiu que José passasse por tanto sofrimento e perdas?Por causa do propósito maior – preparar uma nação de onde viria a linhagem para a manifestação da provisão salvadora da raça humana – Jesus Cristo. 

Muitos de nós somos resistentes em passar por situações difíceis, sentir a ferida, suportar a dor do nosso passado, às vezes parece que existe um abismo a nos engolir. Perguntamos-nos se não estamos simplesmente indo de mal a pior. 

Quando não conhecemos nosso propósito todas as nossas situações traumáticas e ruins funcionam como um abismo nos puxando cada vez mais para o fundo, pensamos que o universo conspira contra nós. 

O que aconteceu com José não tinha a ver somente com ele, mas com o seu propósito; o que aconteceu com Moisés na infância não tinha a ver somente com ele, mas com o seu propósito; o que aconteceu com Davi não tinha a ver somente com ele, mas com o seu propósito. O QUE ESTÁ ACONTECENDO CONTIGO NÃO TEM A VER SOMENTE COM VOCÊ, MAS COM O TEU PROPÓSITO.

 

TERCEIRA VERDADE 

VOCÊ PODE ESCREVER O ROTEIRO DE SUA VIDA DE ACORDO COM O PROPÓSITO DE DEUS 

Você pode gastar sua vida do jeito que bem entender ou pode construí-la de acordo com o propósito que Deus tem pra você. Salmos 1:3 – “ …dá  o seu fruto na estação própria…. 

José entendeu que todos os acontecimentos de sua vida estavam relacionados com o seu propósito, então ao invés de murmurar, reclamar, lamentar, começou a enxergar em cada circunstância a mão invisível de Deus conduzindo sua história. 

Ele se tornou “a melhor versão de si mesmo” em cada estação de sua vida. Na casa de seu pai foi o melhor filho; entre os irmãos, tornou-se o melhor deles; na casa de Potifar o melhor escravo; no cárcere, o prisioneiro exemplar; para os dois amigos na prisão, tornou-se o melhor companheiros e para faraó, o melhor administrador. 

Você pode extrair o melhor de você em cada etapa da tua vida se você descansar na verdade de que:  Deus está dirigindo e conduzindo sua vida para o teu melhor momento que ainda está por se manifestar. 

Deus nunca deixa nada ser inútil no nosso passado, nem no presente quando nos submetemos a Ele. Cada erro, pecado e desvio que realizamos na viagem da vida são transformados por Deus para ajustar o dom e habilidade necessária para que o propósito se cumpra em nós. 

José chorou e clamou várias vezes, Gen. 42:21 e Gênesis. 45:2. Ele não minimizou nem racionalizou os anos de sofrimento, mas reconheceu que Deus estava por trás de tudo para preservar sua geração num tempo de escassez e fome. 

Não estou falando pra você fazer de conta que nada está acontecendo, mas descansar e submeter-se a Deus em todos os momentos de tua vida. 

José tinha plena consciência de seu passado, mas ele pegou roteiro de sua vida e abriu a porta para o futuro reescrevendo sua história. 

José fez uma escolha. Deus é confiável? Deus é bom? Pode-se descansar em Deus? José havia construído, ao longo de sua vida, um histórico de relacionamento com Deus. Sua vida foi estruturada em torno de servir ao Senhor Deus de Israel; então quando chegou o momento de uma decisão crítica, ele estava pronto. Da mesma forma existem escolhas diárias que gravitam em torno de nossa caminhada com Deus que são fundamentais para servirmos de instrumento de bençãos para muitos. 

Somos chamados para fazer uma jornada de FÉ, escrever nosso roteiro de acordo com o propósito de Deus e decidir caminhar em FÉ independentemente do que a vida traga de desafios.

 

QUARTA VERDADE 

VIVER O PROPÓSITO É SER SOLUÇÃO PARA O PRESENTE TENDO A  REVELAÇÃO DE COMO SERÁ O FUTURO  

 

Quando José ainda estava vivo ele deixou ordens expressa sobre o destino de seus ossos quando morresse, deveriam ser levados para o destino final, que no seu espírito ele já vira. José sabia de coisas que seus irmãos e parentes nem tinham noção. “E José fez os filhos de Israel prestarem um juramento: “Quando Deus intervier a vosso favor, levareis os meus ossos daqui!” Gênesis, 50:25 

Não podemos viver em função do futuro sem se comprometer com as necessidades do presente. A certeza de que há um futuro glorioso deve nos fazer gastar a vida de maneira mais otimizada e útil possível. Ser solução no presente revela quem tem conhecimento de seu propósito, devemos viver de modo intencional cada dia da nossa vida. 

José deixou claro para seus irmãos que ele tinha consciência do seu papel no cenário atual diante das necessidades de sua família. Gênesis 50:15-21. Quando estamos conectados apenas com o futuro e não assumimos nossa responsabilidade com o aqui e o agora nos tornamos irresponsáveis. Mas não podemos ir para o extremo de ser apenas solução para o agora e não ter a visão do propósito de Deus para minha vida. Ter a visão do nosso propósito e suas implicações na história é ter consciência de Reino. No propósito não existe mais importante ou menos importante, o que existe é funcionalidade, a questão é se funcionamos ou não no propósito que Deus nos deu desde a fundação do mundo. Então a questão não é ser importante ou ter sucesso, mas sim compreender que faço parte de um projeto importantíssimo traçado por Deus antes da fundação do mundo. Eu FAÇO O QUE FAÇO PORQUE SEI QUEM EU SOU DENTRO DO PLANO ETERNO DE DEUS.

Ap Antonio Bueno 

 

Origem dos conflitos em Israel

________________________

Anuncie Conosco

________________________

Apoio (Clique na Imagem)