I Crônicas 13:1-6

Este texto mostra que após Davi ser feito rei no lugar de Saul a primeira coisa que ocupou o seu ministério foi a preocupação de trazer a Arca de Deus para Jerusalém, onde estava, para consolidar seu reinado na nação de  Israel. Ele sabia que seu ministério era oriundo de Deus, e que, portanto, não poderia ter sucesso nele sem a presença daquele que o havia ungido para tão nobre função. Hoje, de igual modo, todos nós que trabalhamos com o sagrado temos que entender que não há ministério sem Cristo, Ele é a razão da nossa chamada e, somente teremos sucesso efetivo naquilo que fomos chamados para fazer se a sua presença estiver conosco no exercício da função, mas como trazer então sua presença para junto do nosso ministério? Vamos observar como Davi fez isso e aprender como trazer Deus ao nosso ministério no nosso dia a dia.

Na vida de um líder, nada acontece sem DECISÃO (cap. 13:1), nada se faz ao acaso. No ministério as decisões são as razões de sucessos e fracassos, todavia um líder tem que entender que seu ofício é essencialmente tomar decisões. Precisamos ser especialistas em avaliar situações como Davi, mas não podemos ficar só avaliando e não decidir, as avaliações servem para embasar decisões. Devi tomou a decisão de trazer a Arca de Deus para Jerusalém e depois comunicou a seus liderados sua decisão buscando apoio para aquilo que considerava de vital importância na administração de seu governo.

Quando olhamos em Lucas 15 vemos que uma decisão pode mudar uma história, o que seria do Filho Pródigo se ele apenas conjecturasse sobre o que aconteceria se voltasse para a casa de seu pai? Todavia ele decidiu ir à casa de seu Pai e essa decisão mudou a sua história. Líder que não decide, ou tem medo de decidir sempre terá uma história medíocre, porque as decisões afetam nosso futuro.

O que fortalece uma decisão é a UNIDADE (cap.13:2,3), imediatamente após tomar uma decisão Davi buscou apoio de seus generais, capitães e sacerdotes, ele sabia que uma decisão desta magnitude precisava de que todos estivessem no mesmo propósito, não era algo para se fazer sozinho; nada se faz sozinho, a igreja de Cristo é uma coletividade e o exercício da liderança um exercício de equipe. Davi consegue apoio da liderança e depois do povo todo para que a Arca viesse para Jerusalém, a unidade no propósito é que garantiria sucesso na decisão de Davi. Quando há unidade há realização.

Uma das coisas que ficam bem latentes neste texto é que podemos fazer tudo certo, mas se desconhecermos os PROTOCOLOS de Deus poderemos amargar uma derrota no exercício do nosso ministério (cap.13:9,10; 15:2). Quem conhece protocolos abre portas intransponíveis à maioria das pessoas. Precisamos entender que todas as situações tem sua maneira peculiar de acontecer, de se fazer. Não há nenhuma autoridade no mundo cujo protocolo de ação seja igual ao de outro, cada nação, rei ou governante tem seu protocolo de ações, e em conhecê-los está o sucesso nas negociações. Davi, mesmo sendo judeu, desconhecia os protocolos para a condução da Arca de Deus, tentou fazer da melhor maneira, com um carro novo, bois novos, mas o protocolo de Deus é que são pessoas e não animais ou objetos que devem conduzir sua presença, e por ignorar isso Davi trouxe morte para dentro do seu ministério. Deus não se submete à nossa maneira de fazer as coisas, por mais bonita e cheia de pompa que possa ser. Deus tem um jeito peculiar de fazer sua vontade acontecer aqui na terra, e é a mesma maneira que ela acontece no céu, ou seja, à sua maneira, do jeito d Ele.

Eu preciso fazer do jeito de Deus para ter os resultados de Deus no meu ministério. Há muitos resultados humanos no ministério porque insistimos em fazer as coisas à nossa maneira. Davi somente errou uma vez, na segunda vez ele chamou os levitas e sacerdotes para que levassem a Arca de Deus para Jerusalém. Não deu certo na primeira vez? Veja onde errou e tente de novo, mas procure conhecer os protocolos de Deus para o exercício do ministério que Ele confiou a você, e então o sucesso ministerial acontecerá.

Deus não se rende à nossa maneira de fazer as coisas, Ele tem seu jeito, seu protocolo é diferente do nosso entenda isso, procure ver na Palavra de Deus como Ele quer que você faca acontecer o ministério que Ele te entregou. Somente acontecerá resultados espirituais se obedecermos ao seu jeito de fazer as coisas.

Origem dos conflitos em Israel

________________________

Anuncie Conosco

________________________

Apoio (Clique na Imagem)